Casa da Anta

Faz da tua vida um evento!

Comidas Indispensáveis Para Serem Servidas Num Evento

shutterstock_101691712 

Olá amigos! :)

 

Mais uma moedinha, mais uma voltinha pelo mundo dos eventos. Desta vez venho falar-vos especificamente de comida. Afinal, é ou não o mais importante de um evento? Eu acho que tem um grande impacto. Como já disse, nunca nos esquecemos de um sítio em que comemos bem – nem de um em que comemos mal! Talvez seja da nossa cultura, mas sabemos apreciar boas comidas.

 

Quer esteja a organizar um baptizado, uma festa de aniversário ou um evento empresarial, há regras básicas comuns a todos estes acontecimentos.

 

Começamos pelas entradas.

 

Servir canapés deliciosos é um excelente início. Se o seu evento é mais pequeno e reservado e não quer contratar uma empresa de catering, experimente estas receitas. (Os muffins de bacon e queijo são um deleite!)

 

– Sirva uma mistura de entradas quentes e frias.

– Conte com uma média de 6 entradas por pessoa.

– E, porque os olhos também comem, sirva as entradas em pratos bonitos, decorados com ervas variadas, ou sirva-as de forma diferente, em copos pequenos, em mini-taças ou até em colheres.

 

E passamos para os pratos principais. Aconselho o buffet.

 

– De novo, sirva um buffet de pratos quentes e outro de pratos frios.

– Para o frio, escolha um prato principal em volta do qual os outros pratos girarão. Por exemplo, se o prato principal for salmão, coloque pratos de saladas frias que liguem bem com salmão. Patés, tostas e molhos são bem-vindos.

– Para o quente, o mais fácil é escolher um tema: comida Indiana, comida típica Portuguesa, etc. Escolha um prato de carne ou de peixe que será o principal e um prato de arroz, massa ou batata, o que combinar melhor. Agora, é só juntar mais pratos que combinem com o principal. Por exemplo, se escolheu o tema Indiano, sirva molho chutney e naans. Se escolheu Italiano, sirva azeitonas, mini-pizzas ou foccacias. Já que falamos de gastronomia Italiana, pessoalmente adoro esta receita. Óptima para quem quer cortar nos hidratos!

 

E em last, but not least vêm as sobremesas.

 

É nas sobremesas que pode tornar tudo mais criativo. Se escolheu algum tema nos pratos quentes, pode servir sobremesas que estejam de acordo com ele. Gelados típicos Italianos ou o tradicional arroz doce são sempre uma boa ideia. O truque é misturar: não ter tudo de chocolate, nem tudo de morango, etc.

 

Muito importante: para evitar situações menos agradáveis, certifique-se de que sabe de todas as alergias que os seus convidados eventualmente tenham. E porque quando se trata de comida é bom agradar a todos, lembre-se de acrescentar bastantes pratos vegetarianos. Ah, e não se esqueça das bebidas. Água, sumos, vários vinhos, algumas cervejas e champanhes são essenciais.

 

Estou curiosa para saber o que escolheram para o vosso evento. Contem-me tudo!

 

Anta

 

 

Saber escolher músicas Jazz para eventos

 

jazz

Olá a todos :)

Hoje a caminho de casa vinha a pensar na importância que a música tem nas nossas vidas. Faz-nos lembrar momentos de há anos e anos. Pouca coisa tem o poder da música. E o papel que lhe toca nos nossos eventos é muito importante. É por isso que decidi fazer este post. Todos nós já nos encontrámos em eventos em que a música está perfeita, a tornar o ambiente ainda mais agradável… e em eventos em que a música não combinada com nada: é demasiado acelerada, é demasiado popular, é demasiado calma…

 

Afinal, que músicas Jazz deveremos escolher para eventos?

 

Se se trata de um evento corporativo, o melhor é escolher uma música de fundo muito subtil, que faça os convidados relaxarem e sentirem-se em casa. Músicas instrumentais costumam funcionar bem neste tipo de eventos, o plano de fundo é discreto e o foco está nas conversas entre os presentes.

 

No entanto, se se trata de uma festa da empresa, é aceitável “exagerar”. É sempre adequado iniciar o evento com música calma, mas, dependendo do clima, quem estiver encarregue da música deve ter a liberdade e o tacto para conseguir alternar entre a “Bonita” de Frank Sinatra e a “Wouldn’t It Be Nice” dos Beach Boys. Notando sempre que é importante nunca passar de uma música cujas batidas por minuto (bpm) sejam muito lentas para uma com batidas rápidas – soa muito estranho.

 

Há algumas músicas Jazz/Blues (é sempre discutível o género exacto a que pertencem) que aconselho sempre aos organizadores de eventos:

Sing, Sing, Sing”, de Benny Goodman, “Strangers In The Night”, de Sinatra, “Hit the Road, Jack”, de Ray Charles, “What a Wonderful World”, de Louis Armstrong. A lista é interminável, na verdade. Miles Davis deve constar, Keith Jarrett idem, Ella Fitzgerald e John Coltrane devem ser convidados. Bossa nova também é sempre uma boa ideia. Esta playlist, por exemplo.

 

É importante escolher um responsável pela música que consiga entender e sentir qual a melodia mais adequada a cada momento e a cada público. Um público mais adulto talvez se reveja mais em temas de Tony Bennett e um mais jovem é possível que prefira os êxitos mais actuais, lounge e chillout.

 

Espero que estas sugestões o tenham ajudado a planear o seu próximo evento. É sempre subjectivo e dificilmente haverá dois grupos de convidados com os mesmos gostos musicais, mas em princípio muitas destas músicas cumprirão o pretendido: ambientar os convidados da melhor forma possível J

 

Bom evento!

Anta

5 dicas para ter um evento de sucesso

 

shutterstock_377870653

Olá amigos! :)

Esta semana fui ao casamento de um amigo e acreditem… foi um autêntico desastre!! Quer dizer, a cerimónia correu muito bem, mas o copo de água nem tanto. Ora vejamos: a comida não estava nada saborosa, a música era aborrecida e nem sequer houve brindes no final! A bem dizer, a culpa não foi dos noivos, mas de quem se disponibilizou para lhes organizar o evento. E eu vim para casa a pensar que isto também vos podia acontecer, devido à facilidade com que as coisas podem correr mal num evento tão grande como este.

E, por não querer, de forma alguma, que passem pelo mesmo, hoje vou ensinar-vos a organizar um evento de sucesso com estas 5 preciosas dicas:

 

  1. O espaço ideal

Uma das primeiras preocupações deve ser encontrar o espaço ideal. Para isso, é preciso saberem ao certo quantas pessoas vão estar presentes no evento e que tipo de festa se trata. Se, por exemplo, organizarem um casamento, uma quinta é a melhor solução, pois é um local ao ar livre e muito espaçoso. Se, por outro lado, estiverem a organizar uma reunião de antigos alunos, alugar um espaço num restaurante parece-me o mais adequado.

 

  1. A decoração perfeita

Depois de encontrarem o espaço ideal, contratem uma empresa para tratar da decoração. Mais uma vez, devem analisar que tipo de evento se trata e também qual a idade dos convidados. Certamente que os balões serão excelentes para uma festa infantil e as flores para convidados mais velhos.

 

  1. Comida variada e bem saborosa

A comida é uma das coisas mais importantes de uma festa, muito mais do que a decoração ou o espaço. Nunca nos esquecemos de um evento onde comemos muito bem e onde comemos muito mal, certo? Por isso, é necessário que pensem nesta questão com muita ponderação, sabendo que, à partida, terão que contratar um serviço de catering que providencie um ou vários pratos de entrada, um prato de peixe, um prato de carne e várias sobremesas. Aconselho-vos a tentarem saber se algum convidado é celíaco ou vegetariano, para adaptarem o menú. E, antes que chegue o grande dia, certifiquem-se que o que vai ser servido é mesmo saboroso e não vai provocar nenhuma indigestão a ninguém.

 

  1. Música para todos os gostos

A música é também parte fundamental de um evento, principalmente se se tratar de uma grande festa. Se repararem, existe um determinado momento em que todos suspendem as conversas e vão para a pista dar um pezinho de dança! Então, para terem a certeza de que todos os convidados se divertem com a música, devem contratar um DJ que agrade a toda a gente, desde os mais novos aos mais velhos. Como costumo dizer, é preciso agradar a gregos e a troianos!

 

  1. A surpresa no final

A surpresa no final não é obrigatória, mas fica sempre bem e nunca é esquecida. Se estiverem a organizar um casamento e forem amigos pessoais dos noivos, preparem-lhes uma surpresa no final. Um vídeo, um discurso, uma música, uma apresentação de fotografias em slides, etc., são apenas algumas ideias. Também é comum entregar uma lembrança aos convidados no final dos eventos, mas esta é uma situação que pode ou não acontecer, dependendo do tipo de festa que estão a organizar.

 

Com as dicas que aqui vos deixei, já não há como não organizarem um evento de sucesso. Eu já fiz a minha parte, agora só quero ver-vos brilhar.

Ah, e claro, quer vos corra bem ou mal, contem-me tudo, para vos poder aconselhar melhor!

Anta

 

 

 

 

 

Como escolher os melhores fotógrafos em Setúbal para eventos?

shutterstock_127723925

Olá amigos! :)

 

Começo este blogue com o objectivo de vos ajudar a escolher os melhores fotógrafos em Setúbal para eventos, o que não será, com toda a certeza, uma tarefa muito complicada. É verdade que existem muitos profissionais de fotografia nesta cidade, mas o facto de terem um portfólio permite que os seus potenciais clientes possam analisar o seu trabalho e decidir, de forma mais clara e sem grandes dúvidas, quais vão ser os contratados.

Por outro lado, se não é difícil escolher bons fotógrafos em Setúbal dedicados aos eventos (casamentos, baptizados, comunhões, etc.), mais fácil se torna escolher aqueles que estão mais focados em proporcionar a sessão fotográfica em Setúbal que os seus clientes tanto sonham. Desde fotografias de grávidas, a fotografias com recém-nascidos ou com toda a família, nesta cidade conseguem encontrar profissionais que fazem trabalhos fantásticos! E acreditem que é mesmo fácil, pois, infelizmente, a sessão fotográfica em Setúbal só agora está a dar cartas, por isso, são poucos os técnicos especializados na área.

Porém, se não estão interessados numa sessão fotográfica em Setúbal e apenas precisam de encontrar os melhores fotógrafos em Setúbal para o vosso casamento ou para o baptizado do vosso rebento, aconselho-vos a seguirem três etapas:

  • Numa primeira fase, procurem páginas de fotógrafos na internet. Os bons profissionais têm sempre um website, um blogue ou uma rede social onde divulgam o seu trabalho. Para além disso, a procura online é muito vantajosa, pois permite que encontrem comentários e críticas de clientes;
  • Numa segunda fase, devem contactar aqueles que tenham chamado mais a vossa atenção, pedir-lhes orçamentos e marcar uma reunião com todos, para que o portfólio seja apresentado pessoalmente (apesar de já terem visto alguns trabalhos online);
  • Por fim, peçam-lhes uns dias para pensar e ponderar na decisão. No entanto, se passar uma semana e ainda estiverem indecisos, escolham os fotógrafos em Setúbal por instinto. Muitas vezes, a ligação que sentimos por certos profissionais é o que mais conta na hora da decisão final.

Quando queremos um serviço deste género e não conhecemos ninguém, a solução mais prática é a procura online. Aliás, hoje em dia, este é mesmo o meio principal de procura. Por exemplo, quando quis oferecer uma sessão fotográfica em Setúbal à minha irmã, foi através de um blogue que conheci a pessoa ideal. E, se correu bem comigo, por que razão não haveria de correr bem convosco também?

Se precisarem de ajuda, estarei sempre por aqui!

Anta